Por que elaborar um projeto para um sistema fotovoltaico?

  • Post Category:Blog

Sistemas fotovoltaicos são tratados pela maioria como “simples de serem feitos”, que basicamente são painéis solares instalados em local onde se tem incidência do Sol o dia todo e que só necessitam de um inversor para disponibilizar a energia para o uso na rede elétrica.

Na prática, o processo é bem mais complicado, um planejamento deve ser feito cuidadosamente para que sejam garantidas todas as especificações oferecidas pela empresa de venda e instalação de painéis solares, sempre dentro das normativas impostas pelas concessionárias de energia de cada região e das leis nacionais. Muitos sistemas não conseguem ser aprovados para o funcionamento por falta de equipamentos adequados e documentação necessária, trazendo prejuízo e desconforto aos contratantes.

Um projeto é uma abordagem prévia da situação, com a finalidade de resolver uma requisição e prever possíveis acontecimentos futuros que prejudicariam o sistema, como uma simulação, em que tudo possa ser entregue ao contratante de forma mais precisa possível.

Projeto x Realidade

Dentre os projetos, podemos citar:

  • Projeto Elétrico: verifica a necessidade energética do cliente, possíveis alterações em consumo elétrico futuro, seleciona o melhor tipo de módulo solar e quantidade necessária, determina qual o melhor inversor (dentro do melhor custo-benefício para o sistema), verifica  a necessidade de instalação de proteções para os equipamentos que sofrem com as intempéries locais (sobrecarga de energia e ações climáticas), fornece diagramas de instalação dos equipamentos, realiza o levantamento da documentação para a adequação da rede de instalação junto à concessionária local;
  • Projeto Arquitetônico: analisa o espaço disponível para a locação do que foi definido pelo projeto elétrico (principalmente o número de módulos), disposições necessárias para os equipamentos, possíveis estruturas adicionais que deverão ser instaladas e mostra o aspecto visual da obra quando finalizada;
  • Projeto Estrutural: verifica se aquilo que foi disposto pelos outros projetos atende a um grau de segurança do local, ou seja, se as estruturas componentes comportam as cargas adicionadas (módulos, vento, peso estrutural, pesos acidentais…), se haverá rompimento de vigas, se as coberturas são adequadas, se há irradiação solar necessária (obstáculos que impedem a eficiência do sistema por sombreamento), se tem necessidade de regularização da cobertura (reforço) e quais estruturas adicionais utilizar em caso de necessidade (bitola de barras e número de estruturas).

Abaixo é apresentado um fluxograma que segue desde o atendimento ao cliente até a entrega da proposta de instalação do sistema fotovoltaico.

Fluxograma do desenvolvimento de um projeto fotovoltaico.

Realizado o projeto, e atendidas todas as requisições, o cliente recebe uma proposta coerente com a realidade, mantendo um padrão de qualidade único, com devida análise econômica que não apresentará risco de surpresas desagradáveis durante toda vida útil do sistema fotovoltaico.

Escrito pelo engenheiro Dr. Floriano Suszek, especialista com mestrado e doutorado em recursos hídricos e projetista na InVolt.